Equipe do Senai Alagoas conquista o terceiro lugar no Grand Prix de Inovação

11 de novembro de 2022

Alunos desenvolveram solução para fornecedora nacional da Construção Civil

Os “Ninjas na Operação” – equipe formada por alunos da Escola Senai Poço – conquistaram o terceiro lugar do Grand Prix (GP) Senai de Inovação, na categoria Sênior da modalidade Indústria 4.0. Os vencedores foram anunciados nessa quinta-feira, 9, em transmissão ao vivo no Youtube. Com recorde de inscrições, o GP teve a participação de 6.095 competidores, divididos em 1.450 equipes de todo o Brasil.

Durante o evento, estudantes do Senai e de escolas e faculdades públicas e privadas apresentaram projetos e negócios inovadores que solucionem problemas reais das indústrias. No caso dos alagoanos, eles foram desafiados a criar uma solução para a SKA, uma empresa com atuação nacional no mercado da Construção Civil.

Eles desenvolveram o Sistema Automático de Gerenciamento de Falhas (SAGF), que automatiza e barateia o controle de falhas em equipamentos dinâmicos – bombas, motores e compressores –, integrando esse procedimento a um ecossistema industrial vivo, como visa a Indústria 4.0.

O sistema traça um perfil do “comportamento vibracional” do equipamento e utiliza algoritmos para fornecer ao cliente uma noção da “saúde” daquele dispositivo, oferecendo uma previsão de falha para antecipar a manutenção.

A equipe é formada pelos alunos Eduardo Pacheco, Darla de Oliveira Alves, Talys de Carvalho, Francis Adriano e Diogo Rafael Pereira, orientados pelo professor Ygor Mendes de Oliveira com a colaboração do instrutor Fabrício Lins Lopes.

O grupo teve três dias para desenvolver o SAGF. “O Grand Prix Senai foi uma experiência desafiadora para toda a equipe, em virtude da dinâmica. É um prazo apertado para a gente pensar uma solução tão impactante na indústria. Sem dúvidas, o apoio que nós tivemos do corpo técnico do Senai foi imprescindível para dar um rumo à nossa equipe”, disse Darla.

O Grand Prix é um mergulho no mundo do empreendedorismo e da inovação. “Esse desafio aproxima ainda mais o Senai da Indústria e insere os nossos alunos no mundo do trabalho. Os Ninjas na Operação estão de parabéns por incorporarem o espírito da inovação e por nos orgulhar com resultado tão expressivo”, disse a diretora de Educação e Tecnologia do Sesi Senai em Alagoas, Cristina Suruagy.   

O gerente do Senai Poço, Welton Barbosa, também destacou a importância de aproximar o estudante do mercado. “Uma ideia inovadora que nasce em sala de aula pode chegar até a indústria e gerar ganhos para todos”, afirmou.

Metodologia inovadora

Welton revela ainda que o aluno Eduardo Pacheco participou da primeira rodada do programa desenvolvido no HUB Senai de Alagoas, o Geração do Hoje – Indústria (GDH-I) em parceria com a Secretaria de Ciência e Tecnologia (Secti) e a Fapeal, que incentiva o empreendedorismo inovador por meio da pré-aceleração.

A ideia dele foi transformada em uma Startup, tendo vencido o Demoday (dia de demonstração das ideias), conquistando investimento inicial de R$ 20 mil para materializar seu negócio.

“A Metodologia Senai de Educação Profissional, que conta com a Saga Senai de Inovação como um de seus pilares, com foco em preparar os alunos para novos desafios de mercado, e a atuação do HUB Senai de Inovação e Tecnologia na vertente do empreendedorismo inovador potencializam novas oportunidades de atuação no mercado. Além disso, enriquecem o processo de desenvolvimento de competências inovadoras para atuação no mercado de trabalho junto às inovações da indústria 4.0”, finaliza Welton.

Premiação

As três equipes mais bem colocadas em cada categoria e área temática levam medalhas; sendo que o segundo e terceiro lugar recebem ainda Senai Coins, que podem ser utilizadas em produtos e cursos Senai; e os primeiros lugares farão uma viagem técnica em 2023 a um ecossistema de inovação.