Notícias

Senai recebe influenciadoras para bate-papo

Sexta-feira, 26 de fevereiro de 2021

Mirela Cabús e Sandy Farias deram dicas de sucesso nas áreas de Moda e Alimentos, respectivamente

A qualificação profissional abre portas, seja para quem deseja uma vaga no mercado de trabalho ou para quem prefere empreender. O conselho é de duas profissionais conceituadas nas áreas de Moda e de Alimentos, que foram convidadas pelo Senai para um bate-papo que aconteceu nessa quinta-feira, 25, na unidade Poço.

A conversa com a empresária e digital influencer Mirela Cabús, que tem mais de 794 mil seguidores no Instagram (@mirelacabus), marcou a aula inaugural da primeira turma da área de Moda do Senai a utilizar o laboratório totalmente modernizado, com novos equipamentos e estrutura.

Mirela, que fez dois cursos no Senai do Rio de Janeiro, destacou que Alagoas passa a ter condições de formar mão de obra qualificada para o segmento. “Estou olhando toda a sala de corte e costura, que vai ser, realmente, incrível. O  Senai trouxe isso para Alagoas, para realizar tantos sonhos de muita gente que queria ter e, às vezes, não tem condições de sair daqui para outra cidade pelo custo alto. É um papel importantíssimo trazer essa felicidade para as pessoas”, afirmou.

Segundo o presidente do Sindicato da Indústria do Vestuário (Sindvest/AL), Francisco Acioli, o investimento mostra o crescimento da área de Moda no estado. Ele comemora as novidades da área de Moda do Senai.

“Passamos a ter todos os equipamentos que o Brasil inteiro possui para treinamento. E não é só isso: o Senai lança um curso que contempla Vitrinismo, Fotografia, que até então não estavam no portfólio da área de Moda da instituição”, disse.

Alimentos

Há nove anos no mercado, a Le Brulé Café & Doceria emprega, hoje, 23 pessoas. O negócio nasceu quando “a Sandy confeiteira encontrou a Sandy empreendedora”, disse a sócia Sandy Farias, que deixou a carreira jurídica para realizar o sonho.

Após conhecer a área de Alimentos do Senai, ela comentou que, no curso, os alunos aprendem as técnicas de confeitaria e  se preparam para atuar no mercado, seja como empreendedor ou como funcionário, “o que é muito importante para a elevação da qualidade da prestação de serviços na área de alimentos”.

Compartilhe: