Notícias

Cursos do Senai e MVV transformam realidades no Agreste

Quinta-feira, 20 de maio de 2021

Novos confeiteiros de Craíbas já possuem fonte de renda

A Unidade Integrada Sesi Senai Arapiraca e a Mineração Vale Verde (MVV) vêm transformando a realidade das comunidades do Agreste alagoano, por meio de cursos de qualificação profissional destinados às pessoas daquela região. 

O Curso de Confeiteiro realizado no município de Craíbas, a 149 km de Maceió, foi uma dessas iniciativas que chegam a pessoas sem acesso à qualificação profissional e que necessitavam de uma oportunidade de capacitação para entrar no mercado de trabalho, bem como desenvolver seu próprio negócio. 

A ação teve ainda o envolvimento da prefeitura que, por meio da Secretaria Municipal de Educação (Semed), disponibilizou para os alunos o transporte de Craíbas até a unidade de Arapiraca. “O desenvolvimento das parcerias do Sesi Senai Arapiraca com a Mineradora Vale Verde e o setor público da região beneficia a comunidade e a indústria, pois, resultam em ações inovadoras que contribuem com a sustentabilidade econômica e social do Estado de Alagoas”, destacou a gerente da unidade de Arapiraca, Thiana Feitosa Cysneiros. 

Para os alunos, descobrir um potencial eleva a autoestima e estimula um sentimento: a gratidão. O empreendedorismo também aflora. Eles formaram uma associação de produção de doces e salgados, que são encomendados pela MVV. 

A estudante Kessia Rodrigues de Farias considerou o curso excelente. “Foi uma oportunidade de participar de uma formação profissional e aplicar o conhecimento adquirido na geração de minha própria renda, através da produção de doces e salgados”, disse ela, ao reforçar a contribuição da Unidade Sesi Senai Arapiraca para o desenvolvimento econômico e social da região. 

Isso ocorre porque, ao aprender uma profissão, pessoas como Maria Cícera da Silva são inseridas no mercado de trabalho. “A educação profissional desenvolvida pelo Senai é transformadora”, afirmou. As aulas possibilitam o desenvolvimento pessoal e profissional dos alunos que, durante as aulas, desenvolvem atividades demandadas pela Indústria, por meio da integração entre teoria e prática profissional, e a realização de projetos multidisciplinares, que desenvolvem a aprendizagem de forma significativa. 

Compartilhe: