GDH-Indústria reúne empreendedores para iniciar segunda fase do programa

06 de outubro de 2022

Ideias inovadoras terão apoio do Senai, Secti e Fapeal para virarem negócios

Os empreendedores selecionados para a segunda etapa do programa Geração do Hoje-Indústria (GDH-I) tiveram o primeiro encontro na tarde dessa quarta-feira, 5, na unidade Senai Poço.

Eles são autores de 15 ideias inovadoras, voltadas para solucionar problemas e acelerar o futuro da indústria, que contarão com o apoio do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai), da Secretaria de Estado da Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti) e da Fundação de Amparo à Pesquisa de Alagoas (Fapeal) para virarem negócios.

Todos terão acesso a mentoria, capacitação imersiva e colaborativa, orientações técnicas e avaliações periódicas, bem como poderão utilizar a estrutura do HUB Senai de Inovação e Tecnologia, no Senai Poço, e do Centro de Inovação, em Jaraguá. Ao final, os cinco que mais se destacarem receberão uma premiação no valor de R$ 20 mil.

“Aqui no Senai, nós temos como oferecer apoio técnico em cerca de 20 áreas de atuação da Indústria, além de contar com toda a estrutura do HUB Senai para desenvolver os seus projetos”, explicou o gerente do Senai Poço, Welton Babosa, na recepção aos empreendedores.

Além disso, a instituição possui uma rede de inovação espalhada pelo país que tem a capacidade de fortalecer a transformação das ideias em realidade, destacou o gerente executivo de Inovação e Tecnologia do Senai/AL, Maicon Lacerda. “A partir de hoje, vocês entram em contato com um ecossistema de inovação que vem se consolidando e podem ir cada vez mais longe”, disse ele.

Em Alagoas, os empreendedores contam com um ecossistema de inovação, que possui espaços físicos e o envolvimento de diversos parceiros, ressaltou o superintendente de Tecnologia e Inovação da Secti, Pedro Ivo, que deu outra boa notícia: o Estado vai lançar, em breve, um fundo de R$ 30 milhões para apoiar a inovação. 

Além dos empreendedores, participaram da solenidade a diretora de Educação e Tecnologia do Sesi Senai em Alagoas, Cristina Suruagy, e a assessora científica de projetos especiais e inovação da Fapeal, Juliana Basilio Khalili.